Uma pergunta que recebemos com frequência é: qual livro infantil você me indica? Bom, nunca conseguimos falar de um livro apenas. No final de uma boa conversa sobre literatura infantil acabamos sempre indicando uma lista com vários títulos. E para ajudar mais uma vez a responder essa clássica pergunta de “qual livro eu leio?”, vamos mostrar duas importantes listas que saíram no mês passado com as melhores produções de literatura infantil do ano!

A Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil todos os anos premia as melhores produções do mercado, selecionando-os em 18 categorias. Os critérios de escolha dos livros nomeados incluem a originalidade do texto e da ilustração, a qualidade das traduções, a qualidade do projeto editorial e gráfico do objeto-livro, entra outros. A premiação acontecerá no dia 08 de Junho no 18º Salão FNLIJ do Livro para Crianças e Jovens, no Rio de Janeiro.

Desta lista riquíssima, selecionamos alguns livros para mostrar para vocês!

1INÊS, texto Rogel Mello e ilustração Mariana Massarani.

Companhia das Letrinhas.

Neste livro Roger Mello nos presenteia mais uma vez com sua escrita, recontando a famosa história da Inês de Castro, história já recontado por Camões. Neste livro, a narrativa é contada por uma criança, dando para este drama um novo tom.  As ilustrações da Mariana Massarani ajudam na formação do universo infantil dentro da história da famosa Inês. Este é um livro muito bonito e está presente nas duas listas citadas acima!

 

 

2JORNADA. Aaron Beeker. Editora Record.

Este livro ilustrado foi considerado o melhor livro ilustrado pelo jornal The New York Times. Conta a história de uma menina que sentia-se sozinha na cidade e começou a traçar seus próprios caminhos através da imaginação e fantasia. Com a ajuda de um lápis, a menina segue uma maravilhosa jornada, libertando-se pouco a pouco, ao passar por cada lugar desconhecido. É um belo livro para mostrar para crianças a capacidade que elas têm de traçar seus próprios caminhos e confiar na sua imaginação. Ilustração maravilhosa, cheia de detalhe. Traços belos, feitos à mão, o que me agrada muito. Acredito que a leitura com crianças a partir de quatro anos já dá bons frutos e boas conversas! Um livro para encorajar seus leitores!

 

 

CONTOS DA MAMÃE GANSA.

3

4Charles Perrot, ilustração Milimbo. Tradução Leonardo Fróes. Cosac Naify.

Nada com ter em casa um bom acervo de clássicos! E este livro contém algumas boas histórias de Perrot, como Chapeuzinho vermelho, Gatos de botas, Cinderela entre outros. Além de poder ter em um só livro várias histórias, o que mais me agradou nesta edição é que para cada conto há um tipo diferente de edição, de tipografia, de projeto gráfico, de folha, de ilustração…. Enfim, um livro diferente para cada conto dentro do mesmo livro!

O projeto gráfico e a ilustração ficaram por conta dos artistas incríveis da Milimbo, que conseguiram criar uma atmosfera diferente para cada conto! Então, se for falar em clássicos, recomendo esta edição, tão moderna e plural e que ao mesmo tempo nos leva até o bom e velho Perrot e suas histórias!

 


A outra lista foi feita pela Revista Crescer. Nela, os jurados da revista selecionaram 29 livros e o público escolheu mais um para compor essa relação de obras da literatura infantil deste ano. Portanto, temos mais um monte de dicas para crianças, pais e amantes da literatura infantil!

E dentre os escolhidos, ressaltamos desta lista os seguintes títulos:

5

Livro Selvagem

SELVAGEM, texto e ilustração Emily Hughes. Editora Pequena Zahar. Esta é a história de uma pequena garota que por algum motivo foi parar no meio de uma floresta. Lá ninguém nunca questionou de onde e nem por quê ela apareceu ali. E esta pequena menina foi muito bem criada pelo moradores daquele lugar. “A floresta inteira a dotou como filha”. Assim, a menina aprendeu a comer com os ursos, a falar com os pássaros, a brincar com a raposa, fazendo daquela floresta o seu habitat natural. Até que um dia, seres bem diferentes descobrem a menina: eram os seres humanos, que a levaram para cidade e a tentaram criar dentro dos moldes da vida “civilizada”. Claro que a pequena garota não conseguiu se adaptar, e assim como Moogli esta história se desenrola e nos ensina que “Ninguém pode domar uma criatura assim tão feliz e selvagem”. Acredito que este livro abre portas para discussão sobre nossa essência como seres vivos, como pessoas que constituem a natureza, ao contrário da imagem que hoje a mídia muitas vezes reproduz, como o homem e a mulher alheio às matas e florestas. Selvagem é uma menina feliz!

UNIFORME, texto Tino Freitas, ilustração Renato Moriconi. Edição de Janeiro. Este livro fala de um personagem que desde sempre teve que se adaptar às máscaras (ou roupas!) da sociedade em que ele esteve inserido. Assim, o personagem Clóvis é uma metáfora do homem comum com um camaleão. Os livros do Tino Freitas são sempre assim: conseguem tratar de temas profundos, sérios, envolvendo sentimentos que permeiam tanto a vida dos adultos quanto crianças de uma forma simples, acessível e sempre belíssima! Acredito que Uniforme é um tapa com luva de pelica para qualquer pessoa que vez ou outra se vê caminhando no rumo da Maria vai com as outras, e que no fundo no fundo sente uma vontade enorme de seguir seus próprios passos. E além dessa temática, a dobradinha Tino e Moriconi trouxe mais uma vez um projeto gráfico e uma ilustração que fazem qualquer criança se apaixonar pela leitura! Dentro de cada página o leitor encontrará um novo desafio: encontrar o Clóvis, perdido, camuflado, no meio de tantos iguais.

ANTES DEPOIS. Anne-Margot Ramstein, Matthias Aregui. Livros da raposa vermelha. Este livro foi paixão à primeira vista! Trata-se de um livro ilustrado para crianças, ou seja, não há dentro do livro nenhuma palavra sequer. Mas o título “Antes depois” nos ajuda a revelar a profundidade temática da obra. Com uma leitura atenta da capa já percebemos o jogo que este livro nos propõe. Duas imagens vão sempre dialogar, mostrando o antes e o depois de alguma coisa, situação, em relação ao tempo ou espaço. Falando desta forma parece que é algo complexo e nada infantil… Mas engana-se quem pensa isso, pois não é bem assim. E é neste ponto que o livro me fascinou! Há duplas de imagens simples, como: antes uma lagarta, depois uma borboleta ou antes um dia chuvoso, depois um sia ensolarado. Entretanto, Podemos falar também em mudança de tempo na vida de uma pessoa: antes uma brinquedo de balanço, depois uma cadeira de balanço. O livro também traz à tona o tema da produção e sua matéria-prima: antes o milho, depois a pipoca. Antes a ovelha, depois o rolo de lã, antes a colmeia, depois o pote de mel. Há também uma bela referência à produção artística: antes um bloco de mármore, depois uma escultura; ou antes a paisagem, depois um quadro da paisagem. Sem falar nas referências aos clássicos da literatura! Quem será que adivinha? Antes uma casinha de palha, depois a casinha destruída. Antes a casinha de madeira, depois a mesma casinha destruída. Antes uma casinha de tijolos. Depois a mesma imagem da casinha de tijolos. Ou então, antes uma abóbora, depois uma carruagem! Ah, são tantas imagens deliciosas que dá para passar o dia todo brincando, filosofando, pensando no mundo, pensando no tempo, na vida… Mas afinal, antes o ovo, depois a galinha, ou antes a galinha, depois o ovo!

MINHA PROFESSORA É UM MONSTRO. Peter Brown. Editora Orfeu Negro. Uma divertida história de um aluno que enxerga na sua professora a figura de um monstro dentro de sala de aula. O que o menino não sabia é que, fora da sala de aula, aquela mulher é também uma pessoa normal, como qualquer outra, e que sua professora pode não ser exatamente um monstro. Acho que muitos leitores irão se identificar com esses personagens! Afinal, para qualquer criança é sempre surpreendente encontrar seus professores fora da escola, levando uma vida normal, não é mesmo?

Enfim, aqui apresentamos só um pouquinho do que cada lista mostra! Esperamos que tenham gostado! Boa leitura a todos!


Página da FINILIJ

http://www.fnlij.org.br/site/publicacoes-em-pdf/item/743-pr%C3%AAmio-fnlij-2016-produ%C3%A7%C3%A3o-2015.html

Revista Crescer

 http://revistacrescer.globo.com/Livros-pra-uma-Cuca-Bacana/Melhores-livros/fotos/2016/05/os-30-melhores-livros-infantis-do-ano-2016.html

Página dos ilustradores

http://www.milimbo.com/