A primavera é uma de nossas estações favoritas do ano e para lembrar o mês em que é comemorado o dia da árvore (21 de setembro), trouxemos algumas leituras para comemorar essa data tão ilustre.

arvore-do-conceito-da-instrucao-com-livros-26083299A árvore é um recurso natural de muita importância para a vida em nosso planeta: suas espécies frutíferas fornecem alimentos, abrigo, sombra para várias espécies de animais. Além de ser essencial para a umidade do ar, na prevenção de erosões e assoreamento de rios, a árvore é indispensável na produção de oxigênio, na redução de temperaturas, na redução de chuvas e na manutenção da nossa biodiversidade.

Também possuem aplicações econômicas, na fabricação de móveis, casas, produtos farmacêuticos e de livros! E os títulos escolhidos para partilharmos com vocês tem nesse recurso e símbolo seu tema:

 

“A árvore generosa” de Shel Silverstein

9789898166005Publicado no Brasil pela extinta Cosacnaify, o livro conta a relação de uma árvore com uma criança até alcançar sua vida adulta. A narrativa do percurso destas duas vidas emociona e recorda o ato de servir e amar, que nada pede ou exige em troca: generosidade e altruísmo em plenitude advindas da natureza, é o que este autor, com ilustrações simples em linhas pretas, no espaço majoritariamente em branco das páginas, nos lembra ao mostrar em cada doação desta árvore, mesmo com suas limitações, seu esforço em realizar os desejos que lhe são apresentados pelo personagem humano.

“A árvore vermelha” de Shaun Tan

a-arvore-vermelhaNeste livro, de formato maior que o comum, tem em cada uma das ilustrações a beleza e perfeição de uma obra de arte. Publicação da editora SM, a personagem de uma criança, de tons melancólicos, tristes, cuja a vida vai de mal a pior, fala conosco a expressar sentimentos que fazem parte de nós: tristeza, incredulidade, pessimismo, solidão, incompreensão, desespero, catástrofes inevitáveis, não saber quem é…mas chama a atenção para a espera que se precisa para que uma semente floresça e torne-se a árvore que se havia imaginado, ou resposta, mudança que havia se almejado.

 

“A casa na árvore” de Marije Tolman e Ronald Tolman.

img_8676Livro sem texto (livro-imagem) que nasceu de brincadeira entre pai e filha, de grande formato, com a passagem do tempo e das estações a nos guiar por narrativa de uma árvore, que é lar para dois ursos. Vemos a migração de várias espécies, o chegar da noite, o raiar do dia, a amizade, visitas inesperadas, diferentes reações, a divisão deste lar com os que lá visitam e se despedem, o companheirismo entre esses dois ursos que fazem desta árvore seu lar. Ilustrações belíssimas pela leveza das cores, dos traços e da técnica escolhida.

 

E que dia de árvore, sejam todos os dias: somos nós que precisamos delas e não o contrário.

Boas leituras!

Equipe Marandubinha.