de4f25cf-1f35-4ffa-8c53-dbe43e0f9543No último sábado (8/10) oferecemos uma palestra aos alunos das turmas intermediária e avançada de teatro musical do Empório Cultural, um dos lugares mais tradicionais da cidade no gênero. A parceria possibilitou que, durante o dia, criássemos um diálogo sobre o processo de coaching para artistas. Entre os temas abordados estava a possibilidade deste trabalho em ajudar no entendimento e desenvolvimento do artista como pessoa e como profissional.

Ao longo da nossa vida exercemos diversos papéis, sejam eles atribuídos ou conquistados de acordo com nossos objetivos, ou seja, somos múltiplos: trabalhamos, estudamos, temos uma família, fazemos amigos e cultivamos hobbies. Diante de tantas possibilidades, é importante refletir sobre os papéis que exercemos em cada momento da nossa vida. O primeiro ponto destaca o entendimento de onde queremos chegar e como cada um destes papéis faz parte dos nossos sonhos e objetivos maiores. Vale lembrar que somente a partir deste entendimento podemos dar a devida atenção para àqueles pontos prioritários em cada fase da nossa vida e carreira.

Aqui, no projeto Vida em Arte, enxergamos e trabalhamos três papéis principais do artista: Pessoa, Profissional e Artista. Há uma separação entre eles ou eles se misturam? Como desenvolver cada um destes papéis?

broadway-uma-viagem-extraordinaria_414-1024x683

Apresentação de I Wanna Be a Dancin’ Man (Fosse) pelos alunos do Empório

O papel conhecido como “Pessoa” é o que deve ser explorado em primeiro lugar, abrindo espaço para o autoconhecimento: quem somos, quais valores nos guiam, que crenças positivas e negativas possuímos, quais os meus talentos e o que preciso desenvolver? Muitas vezes acreditamos que estas certezas estão claras, mas quando refletimos e analisamos mais profundamente, é possível perceber o quanto ficamos confusos. Faça um teste: pegue um papel e escreva todos os valores que são importantes para você, sem pensar muito. Depois, tente cortar e deixar apenas os cinco principais. E, então? Como foi? Como estes cinco valores estão relacionados ao que você faz hoje? Estão alinhados com seus sonhos e objetivos? Este é um dos primeiros passos neste longo, e prazeroso, caminho do autoconhecimento.

Ao entender o que é importante como pessoa, o que nos traz bem-estar, saúde e felicidade, abre-se uma porta para entender como o lado “pessoa” relaciona-se com o lado “profissional”. Estão alinhados? O que faço profissionalmente supre meus valores básicos e o que me traz felicidade e bem-estar? Faz parte do caminho que estabeleci rumo a um sonho maior? Possuo as competências e experiências necessárias para chegar lá? Estas são perguntas básicas que buscamos responder ao analisar quem somos enquanto profissionais e quais comportamentos são importantes serem desenvolvidos.

Assim, os dois papéis acima levam ao terceiro: o Artista. Como o que sou e o que faço se expressam nas minhas criações, no que almejo e no que busco realizar e concretizar na Arte? Ao alinhar estes três papéis, tomamos consciência de qual deles precisamos trabalhar prioritariamente, seja com um curso, uma nova experiência, um processo de coaching ou uma decisão importante, pensando sempre em como eles estão alinhados com seus objetivos de longo prazo.

metasMas como gerenciar todas estas possibilidades? Comece por seu principal objetivo de longo prazo, vá descendo e pensando em como chegar lá, ou seja, quais possíveis caminhos e objetivos de médio prazo posso estabelecer? Ao estabelecer estes objetivos de médio prazo, é importante analisar bem qual impacto ele de fato terá neste objetivo maior, pois muitas vezes nos perdemos em coisas que achamos que queremos, mas não nos levarão ao nosso sonho concreto. Partindo destas definições, fica mais fácil priorizar ações em cada um destes papéis e dizer não com tranquilidade para aquilo que é tentador, mas que não contribuirá com seus projetos enquanto artista. Ou seja, saberemos o porquê estamos envolvidos em um projeto, qual o significado dele na minha carreira e vida e como cada um dos meus papéis relaciona-se diante deste todo.


Para conhecer mais o centro de artes Empório Cultural, acesse o site: http://emporiocultural.net.br/sobre-nos/