O assunto de hoje é como a leitura compartilhada de um livro impresso

se relaciona com as cinco linguagens do amor e os cinco sentidos

projeto-trilhas

Linguagens do Amor

“As cinco linguagens do amor” é o título de um livro escrito por Gary Chapman que apresenta cinco maneiras que damos e recebemos afeto: palavras de afirmação, qualidade de tempo, presentes, formas de servir e toque físico.

Palavras de afirmação: elogios, palavras de encorajamento e pedidos;

Qualidade de tempo: investir tempo compartilhando, ouvindo e participando juntos em  atividades significativas comunica que nos preocupamos e apreciamos o outro;

Formas de servir: aquilo que você sabe que o outro  gostaria que você fizesse;

Presentes: são símbolos visuais do amor, sejam eles comprados, feitos por você, ou simplesmente sua presença disponível para o outro;

lendo-para-o-bebeToque Físico: abraços, beijos, cafunés, andar de mãos dadas;

Em cada um de nós, há uma dessas linguagens que é a principal. Quando as crianças são pequenas, não é sempre evidente qual a primeira linguagem do amor delas, então devemos observar o comportamento e comunicar o nosso amor utilizando as cinco formas para ter mais possibilidade de descobri-la. Durante a leitura de um livro, por exemplo, podemos usar as cinco linguagens:

  • escolhendo dar um livro de presente (Presente);
  • usando palavras que encorajem a leitura (Palavras de afirmação);
  • ler em voz alta, escutar a leitura da criança, partilhar do momento juntos. (Qualidade de tempo);
  • ler com a criança em seu colo ou estando ao lado (Toque físico);
  • Se a criança solicitar um jeito específico de ler ou um título, atender as expectativas.  (Formas de servir)

Cinco Sentidos

Ler um livro também acessa os nossos cinco sentidos:

Audição: escutar a voz dos pais na leitura de uma história ou dar atenção a leitura feita em voz alta pela criança, permite a troca de emoções, sensações e intenções que influenciam na produção hormonal e no estado emocional de quem escuta e fala.

Tato: pelo abraço, pelo colo, pelo aconchego, mas também por descobrir um objeto impresso de valor estético, o livro, que tem vários tamanhos, diferentes usos da engenharia do papel que incluem as texturas das folhas, o uso de abas, pop-ups e etc.

Visão: na diversidade das ilustrações, dos paratextos e principalmente na troca do olhar entre pais e filhos.

Olfato: desde quando somos bebês os cheiros são vínculos no reconhecimento dos pais e na formação de memórias associadas ao olfato. Existem também muitos leitores que adoram o cheiro de livros novos ou títulos que nos convidam a ler pela interação de páginas perfumadas.

Paladar: assim como o olfato, os gostos fazem parte da seleção de determinadas experiências, lembranças e sensações que podem ser recuperadas por alimentos que estavam sendo consumidos no momento da alguma leitura.

images-1

O livro impresso se mostra uma excelente ferramenta para proporcionar a comunicação do afeto entre pais e filhos, educadores e crianças, porque possibilita o uso das linguagens que comunicam amor, ao mesmo tempo que usa dos nossos cinco sentidos.

Por fim, são muitos os benefícios de se ler junto! É investimento de tempo para si e para o outro, que cuida de fortalecer e nutrir os nossos laços familiares e  sociais na condição de necessidade para o bem viver!

Boa leitura!

*Se você desejar saber mais sobre este e outros temas, a equipe do Maranduinha oferta cursos de mediação de leitura com títulos de literatura infantil para ambientes escolares e familiares. Entre em contato conosco!